Natal

  • By Kelly Simoes
  • 31 Oct, 2017
25 DEZEMBRO

Leia Mateus 5.43-48

Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de
Deus. Mateus 5.9

Pouca antes da celebração de Natal de nossa igreja, meu telefone tocou.
Não reconheci o número, por isso não atendi. Apenas enviei
uma mensagem de texto à pessoa que havia ligado perguntando quem era.
Poucos minutos depois, recebi uma mensagem de texto da pessoa – que,
afinal, era uma de minhas colegas. A julgar por sua linguagem insultuosa,
concluí que ela tinha ficado com raiva de mim. Meu coração se encheu de
tristeza, raiva e decepção. Tive vontade de enviar uma resposta irritada,
mas, então, me lembrei de que era noite de Natal.
O Natal tem a ver com Cristo, e Cristo está associado ao amor. Ele veio
à terra trazendo paz e amor a todas as pessoas, tanto às agradáveis quanto
às desagradáveis, às boas e às más. Eu me perguntei: Como posso ficar
irritada e brigar com alguém na noite de Natal?
Quando orei por força para ser paciente e perdoar à minha colega como
Jesus me perdoou, Deus transformou minha tristeza, raiva e decepção em
paz e alegria. Naquele dia, eu percebi o verdadeiro significado do Natal.
Não se trata de ter uma desculpa para fazer festa; trata-se de proclamar a
delicadeza e o amor de Jesus Cristo.

Oração: 
Senhor amado, dá-nos paciência quando formos insultados e ajuda-nos
a perdoar todos que nos magoam. Ajuda-nos a levar o verdadeiro sentido
do Natal a todos que nos cercam. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia: 
Com quem partilharei o amor, a paz e a alegria do Natal neste ano?
Oremos pela paz.

| Linawati Santoso (Java Oriental, Indonésia)
Share by: