O Alívio do Perdão

  • By Kelly Simoes
  • 09 May, 2017

20 Maio

20 Maio

Leia João 8.1-11

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. 1 João 1.9

Uma das experiências marcantes em meu ministério pastoral foi encontrar
uma paroquiana pela primeira vez após a tentativa de suicídio.
Ela era uma mulher de meia-idade, solteira, que, após a morte dos pais, vivia 
só. Os familiares que não moravam longe também não mantinham uma
relação próxima dela. Ela era uma pessoa tímida e também, na igreja, tinha
dificuldade em se relacionar com as pessoas. Nos últimos anos, a depressão a
afastou ainda mais; ela frequentava a igreja esporadicamente. Como pastora,
mesmo por telefone, eu mantinha o contato.
Ela usou remédios para atentar contra a própria vida. Depois do restabelecimento
físico, ela foi para um hospital psiquiátrico. Foi quando fui informada
do ocorrido. Orei e senti da parte de Deus o que deveria falar a ela.
Cheguei, cumprimentei-a e perguntei: Você está arrependida? Ao que ela,
chorando, acenou afirmativamente. Então, eu disse: Deus me mandou dizer
que ele já te perdoou e que você deve perdoar-se também. Ela chorou, eu a
abracei, e um novo semblante se formou em seu rosto.
Aquela mulher recuperou-se e passou a viver uma vida diferente. Com
contentamento, seu rosto, agora, exibia sorrisos (coisa que não acontecia antes).
Ela era muito grata a Deus e a mim pelo seu restabelecimento emocional e espiritual.
Depois dessa experiência, pude conviver cerca de dois anos ao seu lado.
Não fosse o câncer, ela teria desfrutado mais tempo do alívio do perdão e da
graça de Deus em sua vida.
Entendi que, a despeito de nossos julgamentos humanos, como pastora,
preciso sempre anunciar que, em Cristo, recebemos o perdão de nossos pecados.

Oração: Obrigado, Senhor, pelo teu perdão a mim. E ajuda-me a perdoar a quem
tem me magoado. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia:  Não percamos a oportunidade de anunciar o perdão de Deus às pessoas. 

Oremos pelas pessoas que têm pensamentos suicidas.

| Cristiane Capeleti Pereira (São Paulo, SP)
Share by: