O Deus que se identifica com você

  • By Kelly Simoes
  • 13 Jul, 2017

8 Agosto

08 Agosto

O Deus que se identifica com você

Leia Filipenses 2.1-11

Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se
das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à
nossa semelhança, mas sem pecado. Acheguemo-nos, portanto,
confiadamente, junto ao trono da graça. Hebreus 4.15-16b

Em um projeto missionário, em uma visita a um asilo em Fiji, notei uma
senhora de uns 50 anos, que se arrastava pelo chão. Aonde nosso grupo ia,
ela estava atrás. Tentei me comunicar, mas ela só fazia barulhos. A enfermeira me
disse que, por ela ser mulher e ter tido paralisia cerebral, a família a abondonou
naquele lugar desde o seu nascimento. Pensei como poderia demonstrar o amor e
a bondade de Deus por aquela mulher que sofrera tanta rejeição.
Meu desejo era que Deus a curasse daquela enfermidade. Segurei suas mãos e
pedi esse milagre ao Senhor. Então, eu a desafiei a ficar de pé apoiando em meus
braços, mas ela não quis. Nada sobrenatural aconteceu. Fiquei triste, e continuamos
as visitas. A mulher permaneceu parada. Eu me agachei ao chão e, olhando
em seus olhos, chamei-a para continuar conosco. Assim como ela, comecei a engatinhar
pelo corredor. Olhei para trás e fiz um gesto pedindo que me seguisse.
Aquela mulher estampou um sorriso gigantesco e começou a dar gargalhadas
altíssimas. Todo mundo começou a vir e a ver o que estava acontecendo. Enquanto
a alegria dela enchia aquele lugar triste, eu chorava lembrando-me de Filipenses
2 e ouvia: “É isso que eu fiz pelo ser humano! Eu vim ao mundo para me
identificar com vocês e, como homem, compartilhar do sofrimento para apontar
a esperança da fé e oferecer a vida abundante pelo meu sacrifício puro, perfeito
e definitivo na cruz”.
O Todo-Poderoso fez-se gente como a gente, e, por isso, podemos nos relacionar
com ele sem medo nem máscaras. Nós nos aproximamos dele com honestidade,
pois só ele sabe quem realmente somos. Em Cristo, somos acolhidos e, mesmo
“arrastando pelo chão”, somos transformados em filhos e filhas no poder da cruz.

Oração:  Obrigado, Senhor, porque tu não és um Deus distante; estás perto e nos compreendes.
Como seus seguidores, queremos desfrutar esse relacionamento íntimo e verdadeiro
contigo e mostrar às pessoas que tu te importas com elas. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia:  Deus me compreende e me acolhe pela cruz de Cristo.
Oremos pelas pessoas desprezadas que não sabem que Deus se identifica com elas.

| Tiago Gomides (Campinas, SP)

Share by: