Respostas da Alma

  • By Gmax MKT 1
  • 16 Jan, 2017

25 de Janeiro

Leia Romanos 8.18-39

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. Lamentações 3.22-23 

Por quê?, solucei nos braços de meu marido. Uma ocasião de alegria tinha se transformado em desespero. Depois de um trabalho de parto de 24 horas, nosso bebê estava morto. Cinquenta anos depois, ainda me lembro do frio do quarto do hospital, da voz frenética da enfermeira e das palavras do médico: Eu sinto muito; o bebê não sobreviveu. Eu não consegui entender suas palavras. Os fios de minha mente se emaranharam. Por dias, meses e anos, eu me desesperei para resolver minha perda. Será que fiz algo de errado? Será que o médico fez? Deus fez? Como um Deus amoroso podia permitir isso?
A tristeza tomou conta de mim. O nascimento de bebês de amigos traziam-me lágrimas em vez de alegria. As seções de bebê das lojas davam-me tristeza. As crianças me faziam lembrar daquele dia terrível. Continuei a lamentar o passado e a fazer perguntas, embora nenhuma resposta satisfizesse à minha mente. Somente a oração e as Escrituras traziam respostas da alma: respostas profundas, não verbais, traziam-me alegria em meio à tristeza. A benignidade e a compaixão de Deus me sustentaram. As memórias ainda trazem uma lágrima. Mas eu confio que, na sabedoria divina, Deus toma as coisas boas e as ruins em nossas vidas, desembaraça-as e produz novos começos.

Oração "Senhor amado, acompanha-nos em nossa tristeza. Ajuda-nos a ver tua luz e a lembrar de teu amor. Em nome de Jesus. Amém."

Pensamento para o dia "Oração e leitura bíblica podem me sustentar em tempos de tristeza. Oremos pelas pessoas que perderam um filho."

| Pamela J. Caldwell (Califórnia, EUA)
Share by: